Comunicação - Notícias

AS MULHERES SERÃO AINDA MAIS PREJUDICADAS COM OS PLANOS DO GOVERNO BOLSONARO PARA PREVIDÊNCIA

Edcarlos | 22/03/2019 - 11:44

A ‘Deforma’ da Previdência irá aprofundar as desigualdades entre homens e mulheres na equiparação dos critérios de idade e tempo de contribuição (62 anos de idade mínima para mulheres e 65 anos para homens com 20 anos de contribuição para ambos os sexos). Essa equiparação desconsidera todas as desigualdades já existentes entre homens e mulheres no mercado de trabalho. Trata-se de mais um retrocesso, pois o diferencial de gênero na previdência social é o único mecanismo que reconhece a divisão sexual do trabalho, que destina às mulheres postos mais precários, piores salários, piores condições de trabalho e maiores responsabilidades do trabalho doméstico sem remuneração. De maneira geral, as mulheres dedicam 22h semanais  ao trabalho de cuidados sem remuneração. Sendo assim, igualar os requisitos etário e de tempo de contribuição só deveria ser discutido quando a diferença de tempo dedicado aos afazeres domésticos fosse igual entre os sexos. Seguimos na defesa de uma sociedade mais igualitária entre homens e mulheres e contra um reforma que apenas agrava desigualdades.


Seja o primeiro a comentar sobre esse artigo


Deixe seu comentário

Powered by WordPress | Designed by: Free Premium WordPress Themes | Thanks to WordPress Themes, Premium WordPress Themes and WordPress 4 Themes