Comunicação - Notícias

Não à venda da cidade

Comunicação - Mandato Toninho Vespoli | 16/05/2019 - 17:08

O prefeito de São Paulo que em 2018 abandonou o cargo para ser cabo eleitoral de Doria ao governo do Estado e em 2019 abandonou a cidade durante uma grave enchente, resolveu aparecer agora para colocar a cidade a venda.

ASSINE AQUI http://twixar.me/zq0n
Isso mesmo. Seguindo o exemplo de seu padrinho político, João Doria, o prefeito Disney encaminhou um projeto à Câmara Municipal que coloca a venda os cemitérios e crematórios públicos, os serviços cemiteriais nos cemitérios e crematórios públicos, bem como os serviços funerários; o Complexo de Interlagos, composto pelo Autódromo Municipal José Carlos Pace, pelo Kartódromo Ayrton Senna e outras estruturas de apoio; os Mercados Municipais Ipiranga, de Guaianases, Penha, Pinheiros, Pirituba, Rinaldo Rivetti (Lapa), São Miguel, Sapopemba, Teotônio Vilela, Tucuruvi e Vila Formosa; os reservatórios municipais de águas pluviais (piscinões); as áreas situadas nos baixos de viadutos, pontes e adjacências do Município de São Paulo.

Covas abriu mão de ser prefeito e quer entregar a administração da cidade aos empresários. São Paulo, uma cidade com vasto potencial de ser uma cidade que acolhe e garante serviços públicos e atendimento a todos, será uma cidade de uma minoria econômica que controla tudo.
O vereador professor Toninho Vespoli se opõe a privatização dos equipamentos públicos e entendemos que a cidade pode tirar um maior potencial de cada espaço da cidade. A cidade não deve servir aos interesses econômicos de uma minoria especulativa, mas sim a população que nela reside.
Votaremos não a esse projeto e atuaremos para travá-lo aqui na Câmara Municipal.


Seja o primeiro a comentar sobre esse artigo


Deixe seu comentário

Powered by WordPress | Designed by: Free Premium WordPress Themes | Thanks to WordPress Themes, Premium WordPress Themes and WordPress 4 Themes