Comunicação - Notícias

POR MAIS TRANSPARÊNCIA TONINHO PROPÕE MUDANÇAS NA ESCOLHA DO CONTROLADOR GERAL DO MUNICÍPIO

Edcarlos | 14/08/2018 - 20:49

PL 428/2018 estabelece novas regras para a nomeação do Controlador Geral do Município (CGM), como a aprovação pela Câmara Municipal

Leia a íntegra: Projeto de Lei Controlador Geral PL 428/2018 estabelece novas regras para a nomeação do Controlador Geral do Município

85% dos paulistanos acham que a Prefeitura de São Paulo não é transparente na divulgação de dados, segundo pesquisa encomendada pela Rede Nossa São Paulo e divulgado na terça-feira (14/08).

Esse dado mostra a sensação de desconfiança com a gestão municipal na cidade de São Paulo. Para evitar essa situação a Controladoria Geral do Município tem o objetivo de fiscalizar, controlar  e apurar irregularidades administrativa, combatendo a corrupção.

Acontece que a Controladoria Geral do Município não cumpre seu trabalho de forma ideal pela maneira que é controlada pela gestão do município. O ex-prefeito João Doria, por exemplo, chegou  a rebaixar o órgão, ficando sob a responsabilidade da Secretaria de Justiça.

Como pode o governo fiscalizar os próprios ilícitos? A Controladoria precisa agir com independência para que possa livremente fiscalizar a gestão, sem temer represálias.

Pensando nisso, o vereador Toninho Vespoli apresentou o Projeto de Lei 428/2018, na terça-feira (14/08), que exige que o indicado pelo prefeito para ocupar o cargo passe pela aprovação da Câmara Municipal e a aprovação da reeleição ao mandato de dois anos.

Isso para que a CGM possa atuar para prevenir e combater a corrupção na gestão municipal, garantindo a defesa do patrimônio público, promovendo a transparência e a participação social e contribuindo para a melhoria da qualidade dos serviços públicos.

 


Seja o primeiro a comentar sobre esse artigo


Deixe seu comentário

Powered by WordPress | Designed by: Free Premium WordPress Themes | Thanks to WordPress Themes, Premium WordPress Themes and WordPress 4 Themes