Comunicação - Notícias

Quem é João Doria?

Peterson Prates | 19/10/2018 - 15:57

Doria fala que é empresário, mas de fato o que ele produz ou vende? Nada! Isso mesmo, as empresas de Doria não produzem um parafuso se quer, ou um grão de qualquer coisa. Ora, de onde vem a fortuna de João Doria?

Em uma busca rápida é possível descobrir que a principal empresa de Doria é a LIDE – Grupo de Líderes Empresariais e no seu site descreve que tem como objetivo “promover e incentivar as relações empresariais” e promover “debates para o fortalecimento da livre iniciativa, do desenvolvimento econômico e social, assim como a defesa dos princípios éticos de governança corporativa no setor e privado e público”.

Resumindo, lobby. As empresas de João Doria fazem lobby. Palestras, almoços e encontros entre empresários e políticos dos mais variados escalões do poder público com o intuito de “aproximar” as pessoas.

Além disso, de acordo com reportagem do portal UOL de 2016, governos tucanos repassaram ao menos R$ 10,1 milhões a empresas de João Doria, entre 2010 e 2016. Foram pesquisados contratos de empresas de Doria em dez Estados que tiveram governos do PSDB no período. Em quatro deles, houve repasses: Goiás, Mato Grosso, Paraná e São Paulo.

Além disso, depois de ter assumido a prefeitura em 2017, João Doria colocou executivos da LIDE em cargos de chefia na Prefeitura de São Paulo. Como é o caso de Luiz Fernando Furlan que assumiu o Conselho Deliberativo da SP Negócios, empresa de economia mista vinculada à prefeitura de São Paulo.

Como apontou reportagem do site The Intercept Brasil, a principal missão do LIDE é fazer a ponte entre empresas e órgãos públicos. A principal missão da SP Negócios é criar Parcerias Público-Privadas (PPPs). Como não abandonou seu cargo na empresa de Doria para comandar a SP Negócios, Furlan hoje está no comando dos dois lados do balcão. Se esses fatos não representam um flagrante conflito de interesses, o que mais poderia representar?

Doria foi eleito em 2016 se apresentando como um não político, um gestor. Alguém da iniciativa privada que ia dar um “choque de gestão” na coisa pública. Os mais incautos caíram no canto da sereia desse lobista de araque.

Doria é político e como parte do tucanato que o apoia faz o pior tipo de política. A política da mentira e em favor dos ricos e poderosos. Ao se desfazer do seu salário, doando para entidades assistenciais, ele se mostra como um bom filantropo, obviamente ele não precisa dos 24 mil de salário já que suas empresas, desde que assumiu a Prefeitura, ganharam cifras bem maiores que esta.

As eleições deste ano são uma oportunidade de darmos um cartão vermelho a esse enganador e livrarmos nossa política desse ser abjeto. Vaza, Playboy.


Seja o primeiro a comentar sobre esse artigo


Deixe seu comentário

Powered by WordPress | Designed by: Free Premium WordPress Themes | Thanks to WordPress Themes, Premium WordPress Themes and WordPress 4 Themes